Delegado Camargo exige que empresa que atrasou obra da ponte pague a balsa a partir de abril

Deputado diz que a população de Alto Paraíso não pode pagar pela irresponsabilidade dos outros. Governo e empresa devem arcar com os custos.

Preocupado com o atraso das obras da construção da ponte na RO-459 sobre o Rio Jamari em Alto Paraíso, que tem dificultado o tráfego da população do município e do distrito ariquemense de Bom Futuro, o deputado Delegado Camargo (Republicanos) fez um discurso na tribuna onde cobrou que a empresa responsável pelo atraso passe a custear a partir do mês de abril, as despesas com a travessia que vem sendo operada por uma balsa.

De acordo com o contrato entre o governo do estado e a empresa responsável, o prazo inicial para entrega da obra era setembro de 2022 e como não foi cumprido o cronograma, a entrega da obra foi prorrogada para o dia 31 deste mês de março, o que também não aconteceu.

Na opinião do deputado, a responsabilidade pelo custeio da travessia a partir do mês que vem deve ser da empresa, pois não é justo que a população continue pagando um custo que não é seu. “Quem atrasou a obra que pague os custos da balsa. Se a empresa não tiver condições de pagar, que o governo do estado assuma a responsabilidade e custeie as despesas da travessia pela balsa. O povo já paga caro nos impostos, não tem o retorno merecido e não deve pagar mais esta conta”, disse o deputado.

A pauta da ponte que liga Alto Paraíso à BR-364 e a manutenção dos travessões B-20 que liga à Triunfo (Candeias do Jamari) e o B-40, na saída de Ariquemes, tem sido pautas constantes de defesa do deputado Delegado Camargo na Assembleia Legislativa. “Além do atraso da obra, a balsa teve aumento no valor da tarifa e ficou um tempo sem fazer a travessia, prejudicando mais uma vez a população. Defendemos na Assembleia o retorno imediato do serviço, sob responsabilização do governo e desde a terça-feira (21) o serviço, mesmo precário, foi retomado. Não vamos permitir que levem essa obra mais uma vez com a barriga. O povo de Alto Paraíso merece respeito. Uma obra como esta não pode demorar uma vida para ser construída. Se a empresa não tem capacidade técnica ou financeira, que o governo resolva logo este problema porque o povo está cansado do descaso de até então”, disse.

Texto: Jocenir Sérgio Santanna/Assessoria parlamentar
Foto: Divulgação

Veja mais Notícias

Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *